Em uma solenidade bastante concorrida realizada no Dúnia City Hall, em Brasília, foi lançada na noite desta terça-feira (28) a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo. O evento contou com a participação de representantes do setor produtivo de todo o país. O deputado federal Laércio Oliveira (Solidariedade/SE) é vice-presidente institucional da Frente.

O lançamento fez parte do Encontro Político-Empresarial Ranking Abras 2015, realizado todos os anos pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras) em parceria com a União Nacional das Entidades de Comércio (Unecs). Também foi apresentada a Pesquisa Ranking Abras/SuperHiper 2015, o mais completo estudo sobre o setor no país e referência internacional do varejo.

“É uma frente muito importante porque reúne o setor terciário (comércio e serviços). Nós temos uma oportunidade muito grande junto com parlamentares que entendem o funcionamento do setor produtivo trazer para essa casa diálogos de alto nível visando o fortalecimento da atividade, que mais emprega no Brasil. E assim contribuir para um país melhor, com mais produtividade e competitividade”, informou Laércio.

A Frente Parlamentar vai tratar dos assuntos concernentes ao setor que representa 67,4% do PIB nacional e mais de 70% dos empregos formais. “A nova Frente Parlamentar pretende colocar o Congresso Nacional em uma posição proativa na formulação de diretrizes que apoiem o setor, defendendo temas como simplificação da carga tributária, empreendedorismo, desburocratização, regulação dos meios de pagamento, estimulo à qualificação profissional, entre outros”, disse Laércio Oliveira, acrescentando que o setor é de fundamental importância para o desenvolvimento econômico do Brasil. “E merece receber uma atenção especial, já que pode contribuir para uma maior geração de emprego e renda em todas as regiões”.

Formada com apoio da ABRAS e da UNECS, a nova Frente nasceu com o apoio de quase 270 deputados federais e mais de 30 senadores. O grupo também atuará no estímulo à qualificação profissional, estabelecimento de acordos bilaterais de comércio e ao fomento do consumo, por meio do mercado de capitais.

A UNECS é formada pela União de sete grandes entidades: Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Associação Nacional de Materiais de Construção (ANAMACO), Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (ALSHOP), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) e Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Essas entidades juntas somam faturamento de R$ 837,7 bilhões, com geração de 9,91 milhões de empregos no País (20,3% dos empregos formais). Além disso, a UNECS é responsável por 73,7% das vendas de alimentos e bebidas no País e responde por 64,9% das operações de crédito e débito.